Publicado em 09 de Agosto de 2013 às 10h23min - Atualizado em 22/08/2013 às 10h44min

Amigos assumem crime, para livrar 'Dudu'

Jovens assumem crime para tentar livrar "Dudu" do homicídio ocorrido em março...
  • Cascavel Luana Monteiro CGN
  • Imprimir
  • Diminuir Fonte Aumentar Fonte

A prisão de Gilmar Paliana, o “Dudu”, resultou na elucidação de outro crime: o homicídio de Amauri Camilo, 29 anos, conhecido por “Tatu”, ocorrido no dia 22 de março deste ano, no Jardim Colina Verde. A dupla prestou depoimento na DH (Delegacia de Homicídios) de Cascavel na tarde de ontem (08) e assumiu o assassinato.

Conforme o delegado Pedro Fernandes de Oliveira, um adolescente de 15 anos e Abel Valeriano Lino, 24 anos, só assumiram o crime porque acreditaram que Dudu – que é amigo deles - tinha sido preso acusado do assassinato que eles praticaram.

O adolescente tinha sido ouvido logo depois do crime pelos investigadores da DH, mas na época negou o crime.

“Tatu” teria sido morto devido a disputa por ponto de tráfico.

Como passou a situação do flagrante o adolescente e Abel foram liberados, mas deverá ser solicitado mandado de prisão para eles. A dupla é suspeita de estar envolvida em diversos crimes, inclusive arrombamento de bancos.

Leia mais sobre: Gilmar Paliana
Anúncios:
5 comentarios
Policia 24hrs 10/08/2013 11:22h
1
0
Esse tal de flagrante não existe né... Nem acusados eles não são... São réus Confessos... e vão ter direito a um julgamento ainda!!! Responder este comentário
henrique 09/08/2013 18:34h
5
1
mas são uns atrapalhados mesmo kkkkkk Responder este comentário
PAULO 09/08/2013 12:01h
17
3
Mas são muito burros. Responder este comentário
eu tambem acho 09/08/2013 11:51h
75
2
mas é so pedir a prisão preventiva que já resolve logo lugar de marginal que deve para a justiça é na cela. Em resposta a Só eu ou (Exibir comentário)
Só eu ou 09/08/2013 11:02h
144
1
mais alguém acha essa lei do 'flagrante' uma vergonha? Responder este comentário
Envie seu comentário